PROJETOS

Home » PROJETOS

Plano Museológico

A Associação de Pais e Professores (APP) do Centro Educacional Menino Jesus, apresenta cartilha (em versões impressa, digital e em braille) e documentário curta-metragem sobre a construção do Plano Museológico do Memorial do CEMJ. O Plano Museológico, assim como o plano estratégico de uma empresa, é a ferramenta para organizar a gestão do museu e tem a duração de 10 anos, quando ele será reavaliado.
Esse plano, realizado por meio do projeto Construção do Plano Museológico do Memorial do Centro Educacional Menino Jesus, aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura (PRONAC: 177878), estabelece diretrizes para a continuidade do Memorial, inaugurado em 2009, dando a ele cada vez mais relevância e alcance para diferentes públicos (comunidade museológica, historiadores, professores, alunos e a comunidade como um todo). O Memorial do CEMJ é o primeiro do Brasil que trata do método montessoriano dentro do contexto museológico.
Desde a concepção do projeto houve a preocupação com a acessibilidade dos produtos oferecidos. A cartilha e folder têm versão em braille, o tóten instalado no espaço tem texto com áudio descrição e o curta-metragem está com legendas e libras.“Vale destacar que esse não é um trabalho só do CEMJ e para o CEMJ, ele é um trabalho realizado por muitas mãos. Nosso Memorial está instalado em um casarão tombado construído no início do século XX, o que já mostra também efetiva participação com o contexto histórico da cidade. O museu está aberto ao público para visitação diariamente”, explica Irmã Oneide Barbosa Coelho, coordenadora técnica.
Foram 10 meses dedicados à implantação do Plano Museológico e a equipe de profissionais contempla historiadora, museóloga, arquivista, conservadora entre outras pessoas envolvidas direta e indiretamente no projeto. “Todos esses profissionais estão garantindo que nosso Memorial seja um elo pulsante da história entre as fundadoras (as Irmãs Franciscanas de São José), alunos, ex-alunos, pais e a comunidade como um todo. Com o Plano Museológico, temos a garantia que o Memorial continuará sua função que é recuperar o passado, por meio do acervo, e de oferecer experiências coletivas e individuais com a memória, com o patrimônio cultural e com o legado das gerações que nos precederam. Uma ligação genuína entre o presente e o passado”, completa Maria Teresa Lira Collares, produtora executiva da Rede Marketing Cultural.
A realização do projeto foi possível graças ao patrocínio, via incentivos fiscais, das empresas Casas da Água, ENGIE, Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e Eletrobras CGT Eletrosul.
Sobre a democratização de acesso e a acessibilidade aos produtos culturais
A fim de promover e ampliar o acesso e a acessibilidade, foram impressos exemplares da cartilha do Plano Museológico em braille que serão doados à Associação Catarinense de Integração do Cego (ACIC). As cartilhas serão distribuídas em várias regiões de Santa Catarina, bem como em outros estados do país. Entre as instituições que vão receber o material estão: Fundo Municipal da Criança e Adolescente de Florianópolis, Secretaria Especial de Cultura/Biblioteca Nacional, Sistema Nacional e Estadual de Museus, empresas patrocinadoras entre outras instituições culturais e de ensino.
Equipe
Coordenação Geral | Associação de Pais e Professores do Centro Educacional Menino Jesus – APPCEMJ
Coordenação Técnica | Irmã Oneide Barbosa Coelho
Coordenação Técnica e Consultora do acervo | Denise Magda Thomasi
Museóloga | Anna Julia Borges Serafim
Historiadora | Elisiana Trilha Castro
Estagiárias
Ana Julia Vieira Patrício | Lara Colossi Vaz | Lívia Abigail dos Santos de Pelegrin
Produção Executiva | Rede Marketing Cultural

Documentário

[/vc_column_text]

Galeria de Fotos

Arquivos Relacionados

Revista do CEMJ

FB_Patrocinadores